Acidentes matam 830 mil crianças por ano


Mais de 2.000 crianças morrem todo os dias como resultado de lesões não intencionais ou acidentes. Em todo mundo, dezenas de milhões de crianças são levadas aos hospitais com lesões que as deixarão com incapacidades por toda a vida.

Acidentes de trânsito, afogamentos e outros acidentes matam 830 mil crianças ao redor do mundo a cada ano. O número representa um problema comumente ignorado, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o UNICEF, que lançaram o World report on child injury prevention [Relatorio Mundial sobre prevenção de lesões em crianças, 224 pag, em inglês, PDF].

O relatório é uma colaboração de mais de 180 especialistas e demonstra que as lesões não intencionais  lideram as causas de morte na infância após os 9 anos de idade e que 95% dessas lesões ocorrem em países em desenvolvimento. É mais do que uma tragédia humana – isso é um grave problema de saúde pública.

A África tem o maior índice de mortes acidentais. Lá, a incidência é 10 vezes maior do que em países ricos como Austrália, Holanda, Nova Zelândia, Suécia e Reino Unido, que têm os menores índices de ferimentos em crianças, de acordo com o relatório.

Entretanto, o relatório indica embora os países ricos tenham reduzido as mortes de crianças em até 50% nos últimos 30 anos, o problema permanece grave para eles, com as lesões não intencionais respondendo por 40% de todas as mortes nesses países.

As 5 principais causa de mortes acidentais na infância são:

  • Acidentes de trânsito: eles matam 260.000 crianças por ano e ferem cerca de 10 milhões. Eles são as principal causa de morte entre 10 e 19 anos e uma das principais causas de incapacitação nessa faixa etária.
  • Afogamento: Mais de 175.000 crianças morrem afogadas todos anos e mais de 3 milhões sobrevivem aos afogamentos. Devido a lesões cerebrais em alguns dos sobreviventes, afogamentos não fatais possuem o mais alto impacto econômico e repercussões de longa duração entre todos os tipos de acidentes.
  • Queimaduras: Elas matam cerca de 96.000 crianças e têm taxa de mortalidade 11 vezes maior em países de baixa renda e em desenvolvimento do que em países ricos.
  • Quedas: Cerca de 47.000 crianças morrem por quedas a cada ano.
  • Envenenamento: Mais de 45.000 crianças morrem anualmente por envenenamento não intencional.

O relatório indica, ainda, que metade das mortes diárias em todo mundo poderiam se prevenidas com a adoção de medidas comprovadas :

  1. o aumento do uso de cadeirinhas e cinto de segurança apropriados, bem como do uso de capacetes por ciclistas;
  2. vias segregadas para motocicletas e bicicletas;
  3. coberturas para poços e piscinas e barreiras que impeçam o acesso de crianças a construções
  4. novo design para equipamentos de parques públicos, móveis e brinquedos
  5. fechamentos resistentes de embalagens de medicamentos.

poisoning

Leia as 11 principais mensagens do relatório e as 7 recomendações que devem ser consideradas no desenvolvimento de programas de prevenção de mortes e lesões acidentais com crianças.

Veja também o resumo de dados do relatório especificamente sobre os acidentes de trânsito. Além de uma definição do problema, há uma síntese dos principais dados formando uma visão geral do problema, os principais fatores de risco e as intervenções com resultado comprovados para a prevençao.

Publicado por

biavati

Sociólogo, escritor, palestrante e consultor em segurança no trânsito, promoção de saúde e juventude.

3 comentários em “Acidentes matam 830 mil crianças por ano”

  1. Olá Eduardo
    Sou jornalista e estou fazendo uma matéria sobre educação no trânsito. Sou repórter do Expresso Popular, de Santos e gostaria de te entrevistar sobre o assunto. Você pode me informar o seu contato?
    Muito obrigada

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s