Você pagaria a conta de beber E dirigir? Pagaria MESMO?


Como fazer as pessoas pensarem duas vezes antes de dirigir depois de beber, quando ninguém acha isso importante? Mostrando que isso É MUITO IMPORTANTE.
Em 2010, a Ogilvy Brasil realizou uma experiência sensacional em dois bares em São Paulo. Os clientes, jovens em sua maioria, depois de horas de balada e muita bebida, eram surpreendidos ao receber uma conta de até R$73.000, que contabilizava, além de bebidas alcoólicas, todas as despesas referentes aos acidentes causados por motoristas embriagados, como ambulância, UTI, procedimentos cirúrgicos, equipe médica, reabilitação e até cadeira de rodas.

 

O impacto é imediato, divertido, força as pessoas a encararem o preço de suas atitudes e, de quebra, envolve os donos dos bares e os garçons em uma ação proativa de prevenção de acidentes e conscientização dos consumidores. Golaço!!

Publicado por

biavati

Sociólogo, escritor, palestrante e consultor em segurança no trânsito, promoção de saúde e juventude.

7 comentários em “Você pagaria a conta de beber E dirigir? Pagaria MESMO?”

  1. Olá, Eduardo!
    Eu estava acessando seu blog para te indicar essa ação publicitária e quando vi você já havia postado!
    Então, parabéns pela atualização do blog e importantes contribuições.
    Eu achei a ideia da campanha muito interessante e a mensagem é direta e (imagino) assertiva.

    Curtir

  2. Olá, Maria Amélia,

    Acordados à meia-noite do domingão!
    Pois bem, acho que você é a visitante-estreante do novo layout do blog! Resolvi mudar o estilo hoje. Mais jornalístico, outros recursos, um post em destaque, enfim. Mudar é preciso.
    Que legal essa campanha da Ogivly! É uma brincadeira, mas confronta o senso comum e as alienações gerais. Eu gosto demais dessa abordagem – pegar o pensamento no contrapé.
    Tenho várias novidades para te contar, a começar pelo tema da Semana Nacional de Trânsito 2010. O CONTRAN aprovou na quinta-feira: O CINTO DE SEGURANÇA!! Lembra-se da idéia de uma ação com o ensino médio? UAU! Temos tudo na mão e ainda faríamos um novo survey… Mas há outras notícias. Me ligue essa semana quando puderes.

    Curtir

  3. Caro Eduardo,
    Há algum tempo acompanho o teu Blog. Sempre que procuro uma opinião centrada, humanizada e inovadora das relações no trânsito passo por aqui. Esse post em questão não foge à regra, parabéns pelo blog.

    Abraços,
    Marcelo Martins

    Curtir

  4. Olá, Marcelo,

    Muito obrigado pelo elogio e pelas visitas.
    É muito bom ler uma opinião como a sua porque, como você já deve ter descoberto no seu blog, muitas pessoas passam, muitas lêem, mas pouquíssimas usam a ferramenta mais legal de um blog que é escrever livremente um comentário e comentar o comentário de outros. Esse diálogo acontece, mas eventualmente. Talvez seja porque as pessoas não querem escrever (escrever toma um bom tempo), talvez porque não tenham concordado.

    Eu comecei a escrever o blog para organizar meus comentários sobre alguns temas, algumas leituras – coisas que eu fazia para mim mesmo, mas acabava se perdendo no mundo digital. Em todos os posts há, no entanto, um objetivo principal: PARTILHAR, transferir CONHECIMENTO, provocar a REFLEXÃO, entregar algo que seja útil e, quem sabe, torne as pessoas melhores.

    Apareça sempre que puder.
    Obrigado,
    Biavati

    Curtir

  5. O blog está ótimo, as mudanças foram boas! Preciso também ver essas novas ferramentas no meu! Essa reportagem é mto boa e divertida, comecei a prestar mais atenção a tudo isso depois que optei por moto. Parece que só assim as pessoas entendem. La no Rio o controle é bem forte, blitz todas as noites. Abç!

    Curtir

  6. Oi, Ricardo,

    gostei também da mudança de layout (se bem que eu acho as letras dos posts muito pequena para leitura).
    quer dizer que você está sobre duas rodas???? nao sabia! Nem preciso dizer pra tomar cuidado.
    pretendemos ir amanha no Gourmet. tomara que dê certo. :)
    Abração,
    Eduardo

    Curtir

  7. Olá, Eduardo,
    Amei essa matéria, imagina vc recebendo a conta de seus atos impensados?
    Um luxo de bom!
    Pois ficamos tão tristes qdo vemos nos diversos jornais, inúmeras notícias sobre acidentes envolvendo pessoas embriagadas que causaram acidentes trágicos, causando em mtas vezes, luto eterno a mtas famílias.
    Adorei a idéia e a iniciativa da experiência realizada.
    Seu blog está mto legal, passo agora a ser visitante assídua e fã de carteirinha.
    Abraços Fraternos,
    Roberta

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s