UsarBemPegaBem | Modo Consciente VIVO


Imagem2

Será que a gente tá usando o celular do jeito certo? O celular veio para ajudar a nossa a vida. Mas será que tem idade certa para começar a usar? Tem lugar certo? E no trânsito parado, pode? Vamos conversar

Muito orgulhoso por ter contribuído para uma iniciativa surpreendente, uma cambalhota em TODAS as campanhas que adorariam tratar do tema da hiperconectividade e da tecnologia com inteligência, bom humor, bom senso, mas não passam, sem exceção, de tentativas inúteis, monolíticas, monológicas por definição. Queremos mesmo conversar com os jovens? Então, está aí um caminho: fale e aprenda a ouvir.

Fonte: UsarBemPegaBem | Modo Consciente VIVO

Publicado por

biavati

Sociólogo, escritor, palestrante e consultor em segurança no trânsito, promoção de saúde e juventude.

4 comentários em “UsarBemPegaBem | Modo Consciente VIVO”

  1. Em Belo Horizonte é comum utilizar o celular para ler / fazer mensagens no tempo de parada do semáforo. Dá uma falsa sensação de que não acontecerá nada. Geralmente quem faz isto não movimenta o carro quando a fila anda. Já vi casos de a pessoa passar o ciclo verde parada, alheia a buzinas, por estar concentrada na mensagem.
    Perigoso também é ficar ao celular com aquele anda para do tráfego em primeira marcha. Enviar mensagem é mais arriscado do que falar ao celular, embora ambas comprometem e muito a atenção. O teor e urgência das mensagens estão longe de justificar o risco. Será que vale a pena? Essa é a proposta da VIVO.

    Curtir

  2. É isso aí, Marcos – aquela menssagenzinha tão inofensiva é como todos aqueles atos, tão falsamente inofensivos, que acabam ocupando uma vaga para deficientes físicos “só por um minutinho”, ou roubam a prioridade do pedestre “por quase nada”. De pouco em pouco, muitas vidas já perderam nesse grande espaço público em que vivemos.

    Curtir

  3. Pegando a deixa sobre o tema “campanha”, tema aquela bem divulgada: “no trânsito, somos todos pedestres”. Daí eu cheguei a uma conclusão e modifiquei-a: No trânsito, somos todos FOLGADOS. Somos uns reclamando dos outros e não perdemos a oportunidade de esquecer o que cobramos quando nos convém.
    Versão pós o jeitinho do Roberto DaMatta! Rarará!

    Curtir

  4. Tem uma campanha da Renault, mais antiga, em que um atleta de MMA estaciona seu veículo na porta da academia e ocupa duas vagas. Ato contínuo, seus colegas pegam o carro e o coloca em apena uma vaga, enquanto uma senhorinha fala para o motorista “você é folgado, heim?” Como não havia a chamada para rediscutir valores, atitudes, isto passou despercebido, mas é um bom tema para ser discutido.
    Acredito que em Belo Horizonte encontrar lugar para estacionar seja mais estressante do que congestionamento. A fiscalização maior fica no hiper centro. Depois das 20h a cidade vira terra de ninguém!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s