Educar para a segurança nas ruas: um projeto para os novos tempos da mobilidade urbana

Essa tem sido uma aventura particular nos últimos tempos – e que aventura não se torna deliciosa ao lado do Ziraldo? Educar para o trânsito ficou pequeno ao lado de quem educa para a rua e para a cidade inteira. Eis o projeto que criamos com a Editora Melhoramentos.

transito.escola-2014-para png.011Para saber um pouco mais, visite a página dedicada ao projeto.

Continuar lendo Educar para a segurança nas ruas: um projeto para os novos tempos da mobilidade urbana

Anúncios

O tempo de uma década

11 de maio de 2020

Seremos menos aguerridos, haverá menos crianças nas ruas, talvez menos ruas do que veículos, mais mulheres do que homens, muitos idosos a cuidar.

Continuar lendo O tempo de uma década

#narrativasdigitais

IMG_0166

Breves lições sobre a nova série “Cosmos: a spacetime odyssey” (National Geographic), por Garr Reynolds

FAÇA AS ESCOLHAS SOBRE O QUE INCLUIR E O QUE EXCLUIR  |  Não importa que você tenha 5 minutos ou 18, ou um dia inteiro para contar sua história, o tempo nunca será suficiente para dizer tudo o que você sabe ou para compartilhar tudo com o máximo de detalhes possível. O tempo pode ser um obstáculo mas também um grande facilitador, se você estiver disposto pensar e decidir sobre o que é o mais importante e o que é menos importante. O segredo está em saber o que deixar de fora. Não deturpe, oculte ou distorça a informação, nem embeleze estatísticas. Equilíbrio é a chave.

MOSTRE-LHES PORQUE A HISTÓRIA É IMPORTANTE  Demonstre claramente porque o seu assunto – ou resultado, causa, missão, etc. – importa. Qual é o grande panorama e nosso lugar nesse panorama? O elemento mais importante de uma narrativa, segundo Andrew Stanton da Pixar, é “faça-me importar” com essa história. Você deve fazer o público se importar com que está sendo mostrado e é seu trabalho fazê-lo saber exatamente porque ele deve se importar.

FALE VISUALMENTE  |  Falar visualmente não significa apenas fazer uso de gráficos, fotografias, vídeos, animações, e assim por diante . Significa também ajudar o público a “ver” suas idéias por meio de uma linguagem descritiva, utilizando exemplos concretos, e por meio do poder e simplicidade das metáforas.

APRESENTE COM UM ESPÍRITO DE CONTRIBUIÇÃO  |  Apresente sua história como uma oferta, não como uma verdade ou como toda a história. Em vez disso, diga “aqui está esse fato e esse outro e porque eles importam… eu acredito que sua vida pode ser transformada pela compreensão desses fatos”.

INCENDEIE A CURIOSIDADE E CONDUZA O PÚBLICO A UMA VIAGEM  |  Uma boa narrativa provoca a curiosidade e convida o público a se questionar na medida que a história progride. Conduza o público a  uma viagem que o faça elaborar suas próprias questões – e não tenha medo de deixar algumas (ou muitas) perguntas sem respostas. Por mais que você tenha pensado em uma história com uma conclusão e final claros, há uma infinidade de ângulos que jamais se poderá abarcar (se você realmente exercitou uma seleção intencional do que dizer para começo de conversa). Questões em aberto é o que nos movem para frente.

Uma segunda chance: Adolescentes e Saúde

resource

O que precisamos fazer para proteger nossos adolescentes?

A Organização Mundial da Saúde acaba de colocar na rede um grande relatório global interativo sobre a saúde do 1 bilhão de adolescentes no planeta.

Do que morrem nossos jovens? VIOLENCIA NO TRANSITO, o que mais poderia ser? Essa é a 1a causa de morte de adolescentes e, sem novidades, os meninos são desproporcionalmente atingidos, com mais de três vezes a taxa de mortes das meninas

Beber e dirigir, excesso de velocidade, hiperdistração, insegurança de pedestres e ciclistas: ninguém precisa reinventar a roda para proteger nossos jovens, mas há um roda que desconhecemos no Brasil: a habilitação graduada pode reduzir drasticamente os riscos Continuar lendo Uma segunda chance: Adolescentes e Saúde

500 crianças NÃO chegarão à escola hoje

o direito à educação DEPENDE do direito a RUAS SEGURAS

VEJA o novo filme do cineasta Luc Besson para a Federação Internacional de Automobilismo (FIA)


ASSINE  a  Declaração das Criança pelo Trânsito Seguro  ‪#‎savekidslives‬ 

Rumo a 1 milhão de assinaturas

UsarBemPegaBem | Modo Consciente VIVO

Imagem2

Será que a gente tá usando o celular do jeito certo? O celular veio para ajudar a nossa a vida. Mas será que tem idade certa para começar a usar? Tem lugar certo? E no trânsito parado, pode? Vamos conversar

Muito orgulhoso por ter contribuído para uma iniciativa surpreendente, uma cambalhota em TODAS as campanhas que adorariam tratar do tema da hiperconectividade e da tecnologia com inteligência, bom humor, bom senso, mas não passam, sem exceção, de tentativas inúteis, monolíticas, monológicas por definição. Queremos mesmo conversar com os jovens? Então, está aí um caminho: fale e aprenda a ouvir.

Fonte: UsarBemPegaBem | Modo Consciente VIVO

A experiência de Santo André, breve avaliação

Projeto Trânsito na Escola

Esses são os resultados do trabalho excepcional realizado entre maio e setembro por sete escolas do Ensino Fundamental e três Creches da rede pública de ensino na Cidade de Santo André que integraram o projeto “Educação para a Mobilidade”.

Entre 15 e 25 de setembro, foi encaminhado um questionário de avaliação para todos os docentes e diretores que participaram do processo de formação e do desenvolvimento de atividades, com base no uso dos livros distribuídos para os alunos do 1o ao 5o ano do Ensino Fundamental. Esse material foi utilizado também, de modo adaptado, pelas crianças da Creches.

Dividido em duas partes, o questionário tinha por objetivos: (a) avaliar a proposta de formação presencial e à distância e (b) avaliar o uso e leitura do material, tanto por alunos como por professores. Além de questões fechadas objetivas, solicitou-se comentários abertos sobre a experiência e observações de cada participante.

Os resultados…

Ver o post original 451 mais palavras

Escolas rompem barreiras e levam crianças para ocupar e aprender na cidade

muito além da EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO: se é pra romper barreiras, vamos nos MOVER pela cidade

Projeto Trânsito na Escola

Tirar o aluno do espaço escolar e levá-lo para a cidade não é tarefa fácil. Saiba como e porque algumas instituições estão experimentando aprendizagens no espaço urbano.

Fonte: Escolas rompem barreiras e levam crianças para ocupar e aprender na cidade – Portal Aprendiz

Ver o post original