As aventuras de Lucky 13

As aventuras do Lucky 13 chegaram ao ponto final, depois de 13 episódios mensais, traduzidos em 11 línguas e lidos por centenas de milhares de leitores.

Produzida pela Associação Européia de Fabricantes de Motocicletas [ACEM], a campanha adotou a linguagem das histórias em quadrinhos (HQ) para aumentar a PERCEPÇÃO DE RISCO de motociclistas e, principalmente, de jovens pilotos de scooters, acerca dos riscos potenciais relacionados com a INFRAESTRUTURA das vias.

É estranho imaginar que as rodovias européias estejam tao ruins assim, ou que as ruas de Roma e Paris estejam em tão mal estado de conservação, mas o fato é que 14 % dos acidentes são causados por falhas na infraestrutura, de acordo com o superestudo MAIDS. Como se não bastassem esses problemas, as necessidades específicas dos veículos de duas rodas são geralmente negligenciadas na engenharia viária, que na Europa e em toda parte ainda pensa sobre APENAS sobre quatro rodas.

Pois bem, diante de tantos hazards (o mundo lá fora não é dos mais amistosos para as duas rodas), o comportamento do piloto em lidar com cada situação e suas escolhas de ação desempenham papel fundamental. A missão do personagem Lucky 13 é representar de maneira cômica justamente as escolhas erradas. A idéia é de um motociclista desligadão, boa praça, mas que escapa sempre por um triz das situações mais perigosas e malucas.

Escrevi sobre o Lucky 13 várias vezes ao longo do ano (ver em especial o post Traffic calming e motocicletas. Novas aventuras do Lucky 13 e também o Lucky 13. Aventura pelos buracos da vida) porque a simplicidade e o pragmatismo da campanha européia foram como um antídoto às idéias ridículas dos defensores tupiniquins da ocupação do “corredor” (a fila entre carros) pelas motocicletas.

Continuar lendo As aventuras de Lucky 13

Anúncios

Breve nota sobre a vitória do mototaxi

Assunto encerrado

O Presidente da República sancionou a lei que regulamenta a atividade de mototaxista e, por extensão, a prestação do serviço de transporte de passageiros sobre duas rodas no país.

Dissolveu-se a última barreira – a exclusiva prerrogativa da União de legislar sobre trânsito. O Código de Trânsito incorporou o mototaxi (e o motofrete também, vale dizer). Os Poderes Municipais estão, finalmente, liberados a decidir se autorizam ou não, definindo quaisquer critérios adicionais que julgarem pertinentes, a prática de ambas atividades em suas jurisdições.

Contra a uníssona intelligentsia da segurança no trânsito no país e a recomendação de veto de um Ministro de Estado, venceu a força montante Continuar lendo Breve nota sobre a vitória do mototaxi

M.A.I.D.S

MAIDS_logoEnquanto escrevia sobre o “corredor” nas últimas semanas recebi um comunicado da publicação da segunda versão do relatório final da pesquisa MAIDS e dos resultados de uma nova análise multivariada dos acidentes fatais registrados no banco de dados dessa pesquisa.

O alerta de uma nova versão do relatório final da MAIDS resgatou o assunto em boa hora. O esforço de pesquisa sistemático, metodologicamente fundamentado, e interinstitucional da MAIDS, é como um antídoto aos argumentos medíocres que se espalharam contra a proibição da circulação das motocicletas no “corredor”.

Continuar lendo M.A.I.D.S

Traffic calming e motocicletas. Novas aventuras do Lucky 13

 

lucky13Eis que o abobalhado Lucky 13 chega para nos resgatar das idéias minúsculas contra a proibição do “corredor” em terras tupiniquins!

Foi lançado hoje o sexto episódio [arquivo PDF, em inglês] da campanha pública de segurança para motociclistas da Associação Européia de Fabricantes de Motocicletas [ACEM].

Tenho comentado cada novo lance da campanha desde o lançamento em outubro de 2008. A campanha escolheu a linguagem dos quadrinhos para aumentar a consciência de motociclistas e, principalmente, de jovens pilotos de scooters, acerca dos riscos potenciais relacionados com a infraestrutura das vias.

Continuar lendo Traffic calming e motocicletas. Novas aventuras do Lucky 13

Lucky 13. Aventuras pelos buracos da vida

 

lucky13

As aventuras do abobalhado Lucky 13 acabam de ganhar um novo episódio – o  quinto episódio [arquivo PDF, em inglês] da campanha de segurança para motociclistas da Associação Européia de Fabricantes de Motocicletas [ACEM].

O novo episódio fala dos riscos para a pilotagem causados por pavimentos danificados, trincados, esburacados e, muitas vezes, mal e porcamente reparados. Se essa é a situação das ruas de Milão, Barcelona ou Lyon, realmente não sei dizer, mas por aqui a rua-buraco é praticamente uma instituição histórica.
Continuar lendo Lucky 13. Aventuras pelos buracos da vida

Lucky 13. Diesel e outros líquidos besuntantes

lucky13Acaba de ser publicado o quarto episódio  [arquivo PDF, em inglês] da campanha de segurança para motociclistas da poderosa Associação Européia de Fabricantes de Motocicletas [ACEM].

 

O novo episódio fala dos riscos para a pilotagem segura causados pelo derramento líquidos no asfalto, com forte ênfase sobre o óleo diesel derramados por caminhões.

 

A campanha foi lançada em 13 de outubro de 2008 e escolheu a linguagem dos quadrinhos para aumentar a consciência de motociclistas e, principalmente, de jovens pilotos de scooters, acerca dos riscos potenciais relacionados com a infraestrutura das vias.

 

Escrevi sobre a idéia da campanha anteriormente, que é uma iniciativa consistente da indústria européia da motocicleta (que está anos-luz à frente da miserável atuação de sua congênere tupiniquim), fundamentada em dados objetivos do MAIDS, e muito bem realizada em termos graficos. Continuo considerando, no entanto, equivocado o conceito do bobalhão sortudo que é salvo na hora H dos muitos perigos – o lucky 13. Conteúdo e forma parecem muito desajustados do foco principal que são os jovens, partiularmente pilotos das versáteis e frágeis scooters.

 

Lucky 13. Caminhos perigosos para duas rodas

 

O segundo episódio da nova campanha pública de segurança para motociclistas da Associação Européia de Fabricantes de Motocicletas [ACEM] acaba de ser disponibilizado online.

A campanha foi lançada em 13 de outubro de 2008 e escolheu a linguagem dos quadrinhos para aumentar a consciência de motociclistas e, principalmente, de jovens pilotos de scooters, acerca dos riscos potenciais relacionados com a infraestrutura das vias.

É estranho imaginar que as rodovias europeias estejam tao ruins assim, ou que as ruas de Roma e Paris estejam em tão mal estado de conservação, mas o fato é que 8% dos acidentes são causados por falhas na infraestrutura, de acordo com o superestudo MAIDS.

Como se não bastassem esses problemas, as necessidades especificas dos veículos de duas rodas sao geralmente negligenciadas na engenharia viária, que na Europa e em toda parte existe APENAS para os veículos de quatro rodas.

A campanha foi desenvolvida com instrutores de motocicletas e é composta de 13 episódios, que serão lançados mensalmente. Os cartoons estão disponíveis para download gratuito [arquivo PDF, em inglês].

Continuar lendo Lucky 13. Caminhos perigosos para duas rodas